AIP pede reconhecimento do idioma Fulniô

DicionarioApós ter editado o dicionário Iatê-Português-Iatê, da tribo Fulniô de Águas Belas, no sertão pernambucano, a AIP encaminhou pedido ao IPHAN, em Brasília, requerendo o registro do Iatê como Referência Cultural Brasileira, no Inventário Nacional da Diversidade Linguística, conforme dispõe o Decreto 7387/2010.

Para o presidente da AIP, jornalista Múcio Aguiar, a reedição do dicionário, de autoria de Caetano de Sá é a afirmação da entidade de imprensa comprometida com a preservação da memória do povo brasileiro, em especial dos cerca de 3500 índios Fulniô que vivem em Pernambuco.

O dicionário está à venda nas livrarias Cultura, Imperatriz e Jaqueira.

consciencia-negra

AIP integra Comissão da OAB

OAB-PEA convite da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Pernambuco, a Associação da Imprensa de Pernambuco passa a integrar a Comissão de Juristas e de Técnicos especializados em Execução Penal, da Comissão de Direitos Humanos da OAB,  com finalidade de elaborar anteprojeto de Lei Estadual, para um novo Código Penitenciário do Estado de Pernambuco. A AIP será representada por seu diretor Elias Roma Filho, que além de jornalista é advogado atuante.

Diário do Comércio de São Paulo anuncia encerramento

173O Diário do Comércio de São Paulo, tradicional publicação paulistana, fundada em 1924, deixou de circular sua versão impressa na última sexta-feira, 31 de outubro. Sem edição de despedida, o veículo mantido pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) passa a ser publicado apenas em versão digital. A decisão surpreendeu a equipe de profissionais e a maior parte do quadro de jornalistas foi demitida.

De acordo com a ACSP, apenas a equipe de colunistas não sofrerá reestruturação. O foco do noticiário também sofrerá alterações, passando a se basear “no empreendedorismo e em temas de interesse do micro, pequeno e médio empreendedor”, segundo nota divulgada pela associação, assinada pelo presidente Rogério Amato.

O futuro da imprensa no Brasil

downloadSeminário Internacional que pretende discutir o futuro da imprensa no Brasil e no mundo será realizado entre os dias 17 e 18 de novembro, em São Paulo. O objetivo do seminário é reunir profissionais que são referências nacionais e internacionais em um intercâmbio de pensamentos, práticas e tendências sobre o futuro do jornalismo e da comunicação. Data: 17 e 18 de novembro de 2014. Inscrições no site:www.midiajor.com.br

Aos 105 anos, morre a pineira da imprensa pernambucana

isnar-moura-em-preto-e-brancoO jornalismo pernambucano está em luto. Sua profissional mais antiga, Isnar Moura, morreu, aos 105 anos, na noite da última quarta-feira, 22 de outubro, , vítima de falência múltipla de órgãos. O nome dela foi fundamental para a história da imprensa de Pernambuco.

Na década de 40 Isnard Moura começou a trabalhar na redação do Jornal do Commercio, escrevendo sempre sobre educação e sociedade. Em seguida passou a dedicar-se à pesquisa na área pedagógica. Foi autora dos livros Poesia de três idades Admirável mulher do Capitão Zeferino.

Isnard Moura deixou a carreira 76, após deixar sua marca de 40 anos no jornalismo de Pernambuco, aposentando-se “por velhice” e não por serviço, como ela própria fazia questão de frisar.

Nascida em Timbaúba, a jornalista estudou em Olinda e Recife. Estava interna no Hospital dos Servidores e foi sepultada nesta quinta-feira.